segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Voltei, para o balanço...

Eu voltei, voltei para ficar porque aqui, aqui é o meu lugar...
Enfim, após meses de ausencia eu voltei e dessa vez pretendo ser mais presente... Como recentemente completei 26 primaveras, resolvi fazer um balanço do meu ano:
-Alguns amigos se mostraram maravilhosos, como sempre e outros me decepcionaram um pouquinho;
-Aprendi que não devo comentar sobre o suor das pessoas pq isso é uma atitude infantil que magoa, devo aguentar o asco que tenho, por educação (hahahahaha vai esperando);
-Encontrei um motivo importante para parar de fumar (não, não é a minha saúde, porque não sou egoista);
-Tenho cada vez mais certeza que minha praga pega, quando desejo que a balada de alguém que me irritou seja uma bosta, ela vai ser;
-Chorei pouco;
-Reclamei muito (porque sou ranzinza);
-Dei muita risada;
-Conheci pessoas ótimas e péssimas;
-Fiquei sensual algumas vezes;
-Tive que abandonar a idéia de anos de fazer minhas tattoos de cerejas, mas tudo bem pq tenho várias idéias originais e posso fazer outras;
-Engordei 2kg... Aehhhhh
-Me diverti com a musiquinha: você pagou com traição....
-Continuo achando que as pessoas devem seguir a dica da estatistica;
-Descobri que é possivel e muito gostoso passar mais de 12h em um boteco falando besteira com um amigo;
-Descobri também que vender calcinha usada só dá dinheiro nos EUA, enquanto lá vendem por 100 dólares aqui no máximo se consegue 20 reais (então abortei a idéia hahahaha, nojinhoooo mas adoro fazer pesquisas do tipo "dinheiro fácil")
-Acredito que quando chove a culpa é do Carlinhos Brown, a mesma pessoa que segundo Srta. Praconi inventou o esquema direita direita direita;
-Continuo com carinha de menor de idade (afinal, não é todo mundo que tem que aguentar um escandalo pra ver seu rg pelo simples fato de vc querer apenas uma cerveja);
-Estou cozinhando melhor ainda;
Ai, deu uma preguicinha agora... amanhã continuo meu balanço...

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Pequena Grande Familia

Bom a virada do ano passou e eu não fiz listinha nenhuma de grandes acontecimentos de 2008 e do que esperava para 2009. Mas tudo isso foi por um simples motivo minhas listas seriam pequenas e chatas, pois o ano que passou foi paradissimo... sim, muita coisa mudou, chorei muito, dei muita risada mas nada que valha a pena eu ficar perdendo meu tempo contando, ao invés disso resolvi escrever sobre as pessoas que estavam ali comigo e como são especiais para mim: Minha família de amigos... Falam que família não se escolhe mas eu escolhi a minha, na verdade acho que nós nos escolhemos... se bem que outro dia estava sensual com um deles e nos perguntamos: "Como nos tornamos amigos?" veio o silêncio e logo após uma crise de risada, pois não havia resposta...
Para mim família é aquele grupo de pessoas que se preocupam um com os outros, se divertem juntos, brigam, dão bronca, falam mal um do outro e apesar de serem diferentes em vários aspectos continuam se amando e se apoiando...
Nesse último todos ficaram muito mais próximos, talvez porque realmente todos estão morando perto ou devido aos fatos que ocorreram... não sei, mas o que importa também?! Enfim, vamos falar dos meus amores:

Praconi: Fizemos o 3º Colegial juntas ( eu sei que agora se usa ensino médio, mas colegial é muito mais cool), ter conhecido essa garota é um dos fatos que fazem eu não me arrepender de ter largado o 3º ano na metade e começado novamente, se eu tivesse concluído no ano certo não teria essa pessoa tão especial na minha vida... Ficamos afastadas 3 anos que foi o tempo que ela morou em Boston, mas assim que voltou nos grudamos e nunca mais no separamos... Ela sempre é a primeira pessoa que penso em ligar quando acontece alguma coisa boa ou ruim... as vezes nem precisamos falar nada uma pra outra só nos olhamos e já damos risada... E um fato muito importante que todos devem saber contou algo para uma das duas a outra vai saber...

Leandro: Meu gordinho preferido, com riso solto é impossível não dar risada com ele as vezes dá até raiva.. ele é praticamente aquele irmão mais novo pentelho e chorão que você pode ficar bravo com ele mas no segundo seguinte já estão brincando de novo... Já ficamos várias vezes sensuais juntos, passamos vergonha juntos, assumimos sermos fofoqueiros e no final das noites de diversão quase sempre dividimos a cama apesar dele falar que sou espaçosa e me acordar no meio da noite para me dar bronca...tsc tsc tsc... nunca acordei ele para criticar seu ronco... coisas da vida...

Marcelo: Aquele que super topa ficar sensual com bebidas toscas comigo, tipo: Jurupinga... Ele é o irmão pentelho aquele que gosta de ficar provocando e te cutucando até te irritar... Mas, não deixa de ser uma pessoa terna, que sempre que preciso vem me buscar para me consolar!!!


Gui: Um dia ele foi meu companheiro de dia ociosos, mas mudou de emprego agora só após horário comercial... O mais sério de todos, parece bonzinho mas é venenosoooo... Faz os melhores drinks, cozinha super bem quase igual a mim rs... mas me olha com um olhar de reprovação quando resolvo comer risotto de colher... Junto com o Marcelo sempre esta pronto para vir me buscar e melhorar o meu dia!!!

Sussu: Minha amiga mais responsável, que sempre puxa minha orelha quando apronto algo e sempre fala que mereço algo melhor que preciso pensar no meu futuro... E eu sempre tento convence-la a não pensar tanto no futuro e viver o presente sem se cobrar... morro de orgulho dessa garota, minha irmã mais velha bem sucedida ... Afinal alguém precisa ser...

Renato: Ele é aquele irmão meio hippie talvez, apesar de tentar ser moderno e eu dar a dica forte pra ele sempre, que ele não é moderno... tem um pensamento meio machista que as vezes é irritante... Super sonhador, parece criança querendo fazer milhões de coisas ao mesmo tempo, desde que conheço ele, já foi: editor, marceneiro, montador de maquetes, cozinheiro e agora publicitário... Ele é aquele que acredita que qualquer sonho é possível, toda vez que penso em fazer algo absurdo ligo pra ele pois sei que ele vai me apoiar e acreditar no meu sonho, menos com garotos pois ele é meu irmão mais velho e acha que sempre fiz a escolha errada...

Bom deixei de falar de alguns amigos que são importantes pra mim também, mas estou cansada de digitar e pensar o que falar de cada um... quem sabe numa próxima...